21.5.18

GÁFETE: Passeio de BTT

Local: Piscinas Municipais de Gáfete
Hora: Concentração 9h / Inicio 9h30
5 -Pedaladas por participante.
Passeio - Guiado, com Distância de 45k +-
Nível de dificuldade: Fácil, acessível a todos os participantes, percurso ciclável pelos Caminhos do concelho do Crato.
Abastecimento / Lanche Final / Brindes / Banhos / Lavagem de Bicicletas.
Inscrições, email: gafete_runners@hotmail.com ou envia-nos mensagem para a Página ou ainda,
Telm: 969 254 069 / 937 504 386
Nome / CC / Data de Nascimento
Transferência para: 0007.0000.0060.4788.5022.3
Enviar comprovativo.
Apoios:
Câmara Municipal do Crato , Junta Freguesia de Gáfete, CidadeXtrovertida

·        A Organização não se responsabiliza por qualquer incidente durante o evento

20.5.18

CACHEIRO (Nisa): Convívio do Cacheiro em honra de São Matias


Campo Maior recebe edição da Gala do Treinador

Pelo 6º ano consecutivo, o Núcleo de Treinadores de Futebol do Distrito de Portalegre vai levar a efeito mais uma edição da Gala do Treinador, evento anual que visa premiar os treinadores que mais se destacaram na época desportiva 2017/18. Para além disso, iremos homenagear os primeiros órgãos sociais, aquando da sua constituição em 2004.
O evento irá realizar-se no dia 25 de maio, pelas 20:00 h, no Centro Polivalente de Degolados, no concelho de Campo Maior.

Pessoal das motas e dadores de sangue em Montargil


Em mais um aniversário dos motard's da simpática freguesia de Montargil, associou-se a Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Portalegre – ADBSP – com a realização de uma colheita. O centro de saúde local recebeu 22 pessoas, sendo 14 do sexo feminino. De salientar a forte presença de mulheres (63,6% do total).
Feita a avaliação clínica dos presentes, dois não puderam estender o braço, pelo que se contabilizaram duas dezenas de unidades de sangue angariadas.

19.5.18

BENAVILA (Avis): 2º Passeio de BTT


ESTREMOZ: Município aderiu à Rota dos Arquivos do Alentejo.

O Arquivo Distrital de Évora teve a iniciativa de promover a criação de uma Rota destinada a sensibilizar o público para a valorização dos arquivos.
O Municipio de Estremoz através do Arquivo Municipal decidiu aderiu ao projeto destinado a divulgar o património arquivístico regional e a contribuir para a qualificação dos arquivos da região.
A Rota divulga as iniciativas dos arquivos e o património arquivístico na sua página Web e no facebook (no qual cada entidade poderá colocar informações) e articula iniciativas conjuntas dos vários arquivos aderentes.

18.5.18

PONTE DE SOR - Recuperados veículos agrícolas furtados

O Comando Territorial de Portalegre, através do Núcleo de Investigação Criminal de Ponte Sor, no dia 16 de maio, recuperou veículos agrícolas furtados, na localidade de Ponte de Sor.
No âmbito de uma investigação por furtos que ocorreram em março e abril, nos concelhos de Alter do Chão e Gavião, os militares recuperaram dois tratores agrícolas, um reboque, uma máquina florestal, uma capinadora, num valor estimado de 80 mil euros.
Os bens recuperados foram entregues aos legítimos proprietários.

HUMOR EM TEMPO DE CÓLERA

Opinião pública
Cartoon de Henrique Monteiro in http://henricartoon.blogs.sapo.pt

17.5.18

PONTE DE SOR: "Venha correr com os aviões!"

Está aí a Prova de Atletismo de Estrada mais aguardada do Ano !
Dia 26 de Maio de 2018, todos os Caminhos vão dar a Ponte de Sor, para a Corrida Portugal Air Summit 2018 !!
Pela Primeira Vez em Portugal, vai poder correr numa pista de aviação, uma experiência inédita e única, que não vai querer perder!

16.5.18

OPINIÃO: A catástrofe do apartheid israelita

Os 70 anos da criação do Estado de Israel são também os 70 anos da expulsão de milhões de árabes palestinianos das suas terras. São cinco milhões de refugiados, dos quais quase dois milhões vivem em campos precários, amontoados em pequenas faixas de território, emparedados pelos muros que Israel construiu.
As comemorações israelitas, que culminaram com a instalação ilegal da embaixada dos EUA em Jerusalém, foram marcadas por ataques aéreos a Gaza, e pelo assassinato de dezenas de civis palestinianos desarmados, entre eles crianças, como assinalou o coordenador especial da ONU. Só ontem foram mortas mais de meia centena de pessoas e milhares ficaram feridas. Benjamim Netanyahu, primeiro-ministro israelita, alega legítima defesa.

Caminhada da Família em Ponte Velha (Marvão)


IMPRENSA REGIONAL: "Alto Alentejo" - 16/5/2018


GNR promove Concerto de Primavera nas Ruínas do Carmo

A Guarda Nacional Republicana vai realizar dia 22 de maio, pelas 21:00 horas, no Museu Arqueológico do Carmo (Ruínas do Carmo), em Lisboa, o Concerto de Primavera.
A atuação da Banda Sinfónica da GNR, sob a orientação do maestro major João Afonso Cerqueira, será acompanhada por uma vídeo-cenografia, produzida pelo atelier Ocubo. Este novo conceito, permitirá assistir a uma experiência multidisciplinar onde se misturam projeções multimédia, bailarinos virtuais e efeitos visuais, ao som da nossa Banda Sinfónica.
Junte a família e venha assistir ao espetáculo, a entrada é livre, sendo o acesso limitado à capacidade do espaço!

NISA: Evocação da Festa de Santo Isidro (15 Maio)

Quadras a Santo Isidro
(Padroeiro dos lavradores)

Glorioso Santo Isidro
Dou-te honras até mais não
No dia da tua festa
És levado em procissão

Toca a música em tua honra
No teu recinto afinal
A festa é festa rija
Nesses campos sem igual

Glorioso Santo Isidro
Meu santinho exemplar
No dia da tua festa
Há alegria a fartar

Celebra-se a santa missa
Que nesse dia é campal
É tão linda a tua festa
Nos campos de Portugal

Glorioso Santo Isidro
Trabalhavas com amor
Foste por Deus escolhido
Para o reino do Senhor

Ó meu santo virtuoso
Eu te louvo neste dia
Há também na tua festa
Concurso de poesia

No dia da tua festa
De cima do teu andor
Numa prece fervorosa
Pede por nós ao Senhor

Glorioso Santo Isidro
Dá-me a tua protecção
Para fazer novos versos
Dai-me mais inspiração

No dia da tua festa
Desse teu trono de luz
Pelo.povo que te ama
Por ele pede a Jesus

Vou agora terminar
Pedindo mais uma vez
Essa tua protecção
Para o povo Português
 João Adriano Rijo (Tolosa)
Na foto pode ver-se uma das carroças enramadas que no dia 15 de Maio iam à Senhora da Graça, local dos festejos em honra de Santo Isidro, padroeiro dos lavradores, ainda hoje bastante festejado em diversas localidades do país e na vizinha vila de Valência de Alcântara. Na traseira da carroça podem ver-se três quadras, das quais conseguimos ler a segunda (não completamente) e a terceira e que dizem assim:
Vamos à festa ó .............
A Santo Isidro, ó meu povo
Até meu carro enramado
Se vestiu de fato novo

Num gesto de ledo encanto
Nisa toda em seu redor
Vai rezar aos pés do Santo
Do seu Santo Protector!

OPINIÃO: Perigosos jogos de guerra

Tenho, como a maioria dos portugueses e grande parte dos cidadãos europeus, formação pessoal e cultura com forte influência cristã que prezo e valorizo, e respeito os sofrimentos do povo judeu, em particular vividos com o Holocausto. Por isso mesmo senti repugnância perante o inacreditável espetáculo televisivo dado recentemente pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Aquela "apresentação de provas" contra o Irão seria apenas um exercício ridículo de propaganda, de um líder político sem escrúpulos e de um Estado com enormes telhados de vidro, se não representasse mais um passo na escalada dos perigosos jogos de guerra no Médio Oriente.

Passeio / Convívio BTT em Flor da Rosa

TIPO DE EVENTO: Passeio Informal
LOCAL DE ENCONTRO: Flor da Rosa
HORA DO INICIO: 9:00
HORA PREVISTA DO FIM: 12:00
KM: +/- 20
DIFICULDADE: minima/média = 5%
TIPO DE EVENTO: Guiado
PERCURSO: A definir
Passeio em ritmo de convívio para todos, o importante é apareceres com a tua bicicleta apta a percorrer uns caminhos sem alcatrão, pronto a estar em família, disfrutar dos trilhos e da natureza envolvente de Flor da Rosa. Neste passeio quem manda é o mais lento. São todos bem-vindos a este evento e é para todos que se irá realizar .
Passeio informal sem seguro de acidentes pessoais. A Associação Desportiva de Flor da Rosa (ADFR) não se responsabiliza por quaisquer acidentes. Aconselhamos o uso do capacete, cada participante terá a responsabilidade de respeitar as regras de trânsito.
No percurso aberto, há passagem de outro tipo de veículos, pelo que, todos os participantes devem respeitar as regras de circulação em vias públicas, com especial atenção no cruzamento de algumas vias principais.
Direitos de Imagem: O participante no passeio concede permissão à ADFR de utilizar a sua imagem, gravada em suporte vídeo, áudio, fotográfico, ou qualquer outro meio, para fins promocionais e publicitários do próprio passeio ou futuros e da marca.

NISA ENCANTADORA: Uma canção popular há muito pedida

Nisa encantadora
(Canção-Bolero)
Letra e Música de Rodrigues Correia – Criação da Orquestra-Jazz “Os Unidos”

Entre Castelo Branco e Portalegre,
Há um quadro lindo para um pintor,
É Nisa com seu jardim florido,
Onde se fazem lá versos de amor.

Aos domingos as lindas raparigas
Com seus xailes bordados a passear,
São promessas de amor aos namorados
Que o dia mais feliz há-de chegar.

Refrão
Nisa encantadora
Tu tens graça e singeleza
És terra bem portuguesa
A sorrir sempre formosa
Nisa encantadora
Cantarinhas rendilhadas
Lembram bordados de fadas
Podes-te sentir vaidosa.

Ó Nisa orgulho de D. António
Duma beleza rara para quem passa
Deu aos seus pobrezinhos património
Asilo Nossa Senhora da Graça
Em Nisa quem passar pela tardinha
Pois dela nunca se pode esquecer
Quando quiser beber água fresquinha
À linda cantarinha vai beber.
  *******

14.5.18

NISA: Subsídios para a História do Hospital (1)








O Hospital da Misericórdia (Hospital Sub-Regional de Nisa) foi inaugurado a 24 de Abril de 1960, embora tivesse começado a funcionar uns meses antes, em 1959. Nas imagens que aqui apresentamos como um primeiro e singelo contributo para a História do Hospital de Nisa, reproduzimos o programa e a cerimónia da Inauguração, bem como fotos dos primeiros funcionários, comunidade religiosa e folheto explicativo sobre os custos do empreendimento, a segunda grande obra de grande envergadura, económica e social, feita, em Nisa, por uma entidade particular, com o apoio do Estado. 

NISA: Dr. Why no 21º aniversário da Inijovem

A INIJOVEM tem o prazer de apresentar: Dr.Why! O jogo que testa o conhecimento está a chegar à sede da INIJOVEM!
Parte das comemorações do 21º aniversário da INIJOVEM, nada melhor que encher a nossa sede e ser o campeão do Dr. Why!
Guardem na vossa agenda o dia 26 de maio, juntem uma equipa e participem.
Inscrições abertas para sócios e não-sócios.

Contamos convosco!

LISBOA: Manifestação "Liberdade para a Palestina"

Segunda-Feira, 14 Maio -Às 18:00 - 20:00
Largo de Camões - Lisboa
No próximo dia 15 de Maio assinalam-se os 70 anos da Nakba – a «catástrofe», como a designa o povo palestino. Numa campanha premeditada, que acompanhou o processo de criação de Israel em 1948, as milícias sionistas destruíram mais de 500 aldeias, cometeram inúmeros massacres e expulsaram das suas casas cerca de 750.000 palestinos. Mas os massacres cometidos pelas forças armadas de Israel desde o dia 30 de Março último, Dia da Terra, para reprimir violentamente as dezenas de milhares de palestinos que se têm manifestado pacificamente na Grande Marcha do Retorno, matando dezenas pessoas e ferindo milhares, são a prova eloquente de que, setenta anos volvidos, a Nakba não terminou. E é inaceitável e ultrajante que os Estados Unidos da América, pela voz do seu Presidente Donald Trump, tenham decidido reconhecer Jerusalém como capital de Israel e transferir para aí a sua embaixada, precisamente quando se assinalam os 70 anos dessa Catástrofe.
Numa iniciativa do CPPC, da CGTP-IN, do MDM e do MPPM, a que estão a aderir muitas outras organizações, no 70.º aniversário da Nakba, vamos:
- condenar a política de colonização, limpeza étnica, ocupação e repressão, praticada por Israel contra o povo palestino desde há 70 anos;
- exigir a paz no Médio Oriente, pondo fim às catástrofes geradas pelas guerras deste último quarto de século;
- protestar contra o reconhecimento pelos Estados Unidos de Jerusalém como capital de Israel e a transferência para aí da sua embaixada;
- reclamar do Governo Português que, nos fóruns em que participa, defenda o direito internacional e as resoluções da ONU respeitantes à Palestina e que reconheça formalmente o Estado da Palestina com capital em Jerusalém Oriental.
- manifestar a nossa solidariedade com a justa luta do povo palestino pelos seus inalienáveis direitos nacionais, pela edificação do Estado da Palestina livre, independente, soberano e viável nas fronteiras anteriores a 1967, com capital em Jerusalém Oriental, e uma solução justa para a situação dos refugiados palestinos, nos termos do direito internacional e das resoluções pertinentes das Nações Unidas.

13.5.18

De Sara a Aldina, Portugal faz-se ouvir no FMM Sines 2018

Com fado, ligações a África e à América do Sul, folclore e eletrónica, já estão definidos os artistas com origem em Portugal que vão estar presentes na 20.ª edição do FMM Sines – Festival Músicas do Mundo, que se realiza de 19 a 28 de julho de 2018, em Sines e Porto Covo.
O fado é representado por Aldina Duarte, uma das mais intensas intérpretes do género. Fadista residente no Senhor Vinho, um dos templos do fado em Lisboa, gosta de chamar ao fado os grandes escritores que ama e a suas próprias criações. O seu novo disco, "Quando se ama loucamente", é uma autoficção sobre estruturas de fados tradicionais e um tributo à escritora Maria Gabriela Llansol. Um álbum raro na história do fado, também por ser a primeira fadista/letrista a escrever um disco seu na íntegra.

ELVAS: Os Verdes Promovem Conversa Ecologista - “A Árvore em Espaço Urbano”

Os Verdes organizam no dia 17 de maio, em Elvas, uma Conversa Ecologista sobre “A Árvore em Espaço Urbano”, ou seja, a relação do espaço urbano com as árvores e os espaços verdes.
Esta iniciativa ocorre na sequência do anúncio da Câmara Municipal de Elvas do corte de 600 árvores, que só não se concretizou devido à imediata intervenção de Os Verdes.
Os Verdes promovem mais esta conversa ecologista, sobretudo para levar à reflexão de certas práticas em meio urbano desde o abate de árvores saudáveis, podas criminosas que fragilizam as árvores e levam à sua morte, até ao facto de não se escolherem as árvores adequadas aos espaços e climas nos quais vão ser plantadas.
Serão convidados todos os autarcas do distrito e técnicos com responsabilidade na matéria, assim como todos os interessados.
Esta Conversa Ecologista, que decorrerá em Elvas, contará com a participação da Engenheira Florestal, especialista com grande experiência profissional em árvores para espaço urbano, Cristina Moura, e de Manuela Cunha, dirigente Nacional de “Os Verdes”.
Convidamos assim os senhores e senhoras jornalistas para estarem presentes e a divulgarem a “Conversa Ecologista”, que terá lugar quinta-feira, dia 17de maio, pelas 18:00h, na Cafetaria do MACE.

O Partido Ecologista Os Verdes

NISA: A festa em honra de Santo Isidro (1)

A festa em honra de Santo Isidro, padroeiro dos lavradores, realizava-se no dia 15 de Maio. Em 1959, por ocasião destes festejos, realizou-se um Concurso de Poesia Popular alusivo ao tema "O Povo também é Poeta". Do opúsculo que na altura foi publicado, retirámos e publicamos aqui algumas dessas poesias de saboroso pendor popular. Deliciem-se!
CANTIGAS AO SANTO ISIDRO
Ó                                                                  Ó Santo Isidro de outra era,
Usavas polainas e calções;
Com o arado lavravas a terra,
Com a grade desfazias os torrões.

Foste um santo de outrora
E homem de carne e osso;
Quando o trigo deitava a “chora”
Tu tornava-lo mais grosso...

Por isso em Nisa és louvado,
Como és em toda a Espanha;
E o lavrador sente-se orgulhado,
Quando olha para a sua companha...

É por isso que te fazem uma festa,
Em Nisa, ó bom lavrador:
Vê se dás uma seara superior a esta
Para seres venerado com mais ardor.

E que Deus dê saúde aos lavradores,
Que este ano te festejaram,
E os que vêm para o ano te dêem mais valores
Para os espanhóis em festa não nos ganharem.
António Curado Mateus (Cartucho)

12.5.18

Festas da Senhora da Penha em Portalegre


ELVAS: Festival Terras sem Sombra no Alto Alentejo

 Trombetas na antiga Catedral, visita ao Forte da Graça e Agricultura de conservação
O Terras sem Sombra desloca-se pela primeira vez ao Alto Alentejo para, em tom militar, abrir as trincheiras do património e biodiversidade do concelho de Elvas a 19 e 20 de Maio.
Estreia em Portugal do ensemble Clarines de Batalla
O epicentro desta viagem até à raia será a igreja de N.ª Sr.ª da Assunção, antiga Sé da cidade, onde terá lugar, às 21h30 de sábado, 19 de Maio, o concerto “Guerra e Paz: A Trombeta Histórica na Música Barroca Europeia”. Em palco, um ensemble espanhol de referência em música antiga, Clarines de Batalla, que tem vindo a triunfar em teatros e festivais do país vizinho.

Alter CulturFest com música de qualidade


Vaivém Oceanário em Monforte